Informações essenciais da raça São Bernardo

Informações essenciais da raça São Bernardo

Quem não assistiu aquele filme denominado “Beethoven” que adquiriu uma fama grandiosa nos anos 90?! Para aquele que não conhece, é um filme acerca de um amável cachorro chamado Beethoven que é da espécie São Bernardo. Graças ao filme, a popularidade desta raça aumentou consideravelmente e adquiriu a admiração de muitos em todo o mundo!
Entre todos os cães da raça São Bernardo treinados pelos monges, o que mais se sobressaiu nos salvamentos foi o corajoso Barry. Barry, que salvou 40 pessoas no decorrer de sua vida, teve seu corpo preenchido por palhas, em um método chamado “Taxidermia”, e ainda foi exibido no Museu de História Natural de Berna, na Suiça.
Toda vez quando nos vem à mente o São Bernardo, nos vem à mente a imagem deles utilizando uma pequena caixa ligada no seu pescoço, que é um kit de resgate. Todavia, isso é um mito: eles nunca usaram esta pequena caixa em seus pescoços!Comumente, o salvamento era feito em bando de no máximo 4 cachorros, onde cada um detinha uma atividade determinada – dois cães deitavam do lado da vítima para esquentá-la, outro lambia o rosto da pessoa em perigo para reanimá-la e um último ia buscar ajuda Um impecável trabalho em equipe!

Origem e História do São Bernardo

Detentor de alguns atributos de outras espécies, como o Mastiff, o Dogue Alemão e o Bloodhound, o cão São Bernardo está diretamente relacionado aos Molossos romanos. Esta espécie originou-se dos Alpes Suiços. Sua nomenclatura vem de ‘Hospice du Grand St. Bernard’, monastério situado nos Alpes onde era um caminho obrigatório aos viajores que atravessariam aquele lugar.
Embora ainda foi no princípio usado com o intuito de apoiar a arrastar trenós e, também, como um cão para companhia.
Historiadores dizem que a adesão do São Bernardo ocorreu em torno de 1660 na prática de cachorro de guarda, todavia somente no século XVIII que esses cachorros foram ser usados em resgate! É conhecido que ele não apenas achava as vítimas enterradas sob a neve, porém ainda obtinha socorro e defendia a vítima das ameaças naturais, tal como o clima gelado.

Características Físicas do São Bernardo

caracteristicas-sao-bernardo Esse cachorro é robusto, bem forte e bem resistente. Essa característica é essencial a fim de que ele suporte temperaturas muito frias em localidades hostis. Seu peso pode chegar até 90 quilos no caso dos machos de pelagem longa – há duas variedades de São Bernardo, os de pelo comprido e os de reduzido. A raça São Bernardo pode mensurar até noventa centímetros, sendo 70 cm nos machos e sessenta e cinco centímetros para as cadelas.
Suas orelhas são também extremamente marcantes – elas são mais grandes do que as de diversos cães que existem e possuem um formato de triângulo!
É muito comum vermos o São Bernardo na cor branca, com uma cobertura “ferrugem” próxima das costas e algumas manchas pretas em seu focinho, além das orelhas e do olho. Seu pelo, frequentemente, é resistente e liso. Não muito comum, podemos ver ainda os de coloração avermelhada e esbranquiçada, sem contar o marrom. Outra característica muito comum é o denominado “colar”, uma cor altamente clara ou escurecida ao redor do pescoço.

Temperamento do São Bernardo

guia-sao-bernardo O São Bernardo é um cão fiel, dócil, afável e muitíssimo paciente com os seres humanos! Tais qualidades são oriundas de sua função original como cachorro de resgate. Ele é muito dócil até mesmo com desconhecidos! Ele é bastante amigo da família, chegando a ser muito ciumento inclusive.
Não que sua marca predominante seja as recreações, porém, em algumas situações, ele se torna bem alegre e pode fazer muita bagunça do lado de quem adora. Ele faz novos amigos com bastante facilidade, todavia, na falta do proprietário, o São Bernardo tende a ficar mais retraído e a proteger seu habitat, reprimindo qualquer contato de pessoas estranhas no lugar.
Um detalhe curioso é o caso de ser tranquilamente adestrado, ocupando a centésima décima terceira colocação da tabela das espécies de cão mais inteligentes do planeta. Esse cachorro é capaz de aprender uma ordem nova pela reinteração, ou seja, dê comandos a ele de maneira incisiva e ele apreenderá o que está sendo definido. Em certos casos, mais especificadamente 33%, ele compreende um comando de primeira.

Vantagens em se ter um São Bernardo

Este é um ótimo cachorro protetor longe da presença do dono, na ocasião em que sente-se sozinho, ele tem a inclinação de estar sempre atento. Seja em casa ou fora de casa, devido a seu instinto de ser um cão de salvamento, ele fica o tempo todo atento se, por acaso, um acidente aconteça.
Ele ama a criançada, isso é de conhecimento de todos! mas, ele se acha mais aconchegado com aquele que ele encara como um “pai”, ou seja, caso você almeje um cachorro para lhe fazer acompanhamento, o São Bernardo é o exemplar mais que ideal! Porém ele sempre gosta de dar carinho e atenção a todos os integrantes da família, sendo muito extrovertido e bastante afável.
Se sua casa for enorme ou possuir um espaço bem espaçoso, ele irá ficar bem confortável, porém, do contrário, ele inclusive se habitua a recintos pequenos, caso você o leve para caminhadas – três a quatro vezes por semana, pelo menos.

Pontos fracos do São Bernardo

Fique alerta a alguns indícios que o seu São Bernardo pode apresentar! Ele é capaz de demonstrar um problema de má formação da ligação da cabeça do fêmur junto à bacia. A fim de evitar qualquer impasse, leve o seu cão ao veterinário com frequência, também, quando cachorrinho a fim de fazer exames de prevenção.
O câncer ósseo é mais um problema comum nos São Bernardos, geralmente acontecendo logo após os cinco anos de vida. Caso seu cão demonstre estar com dor e inerte, é indício de que a disfunção se encontra em estado avançado.
Em países quentes, o São Bernardo pode desenvolver a Piodermatite, uma doença originada pelo número excessivo de umidade. É adequado que banhos sejam restritos a um a cada 30 dias, e preservar o cão constantemente seco, evitando deixá-los ficar embaixo da chuva.
Torção gástrica inclusive é um enorme problema que afeta este cão, com o intuito de evitar é ideal que você consulte um veterinário para saber a quantidade ideal de ração a fim de oferecer a este cachorro.
A epilepsia é um problema bem comum nessa raça – que não tem cura e causa convulsões as quais podem ser equilibrados com remédios. Recomenda-se que esse cachorro não seja usado para reprodução, se tiver esse distúrbio.

Como tomar conta de um São Bernardo

Uma atividade física tem que ser diária no cuidado desse cachorro, porque eles inclinam-se a ser gordos. Talvez seja uma tarefa delicada já que, por causa do seu físico avantajado, ele caminha vagarosamente e cansa naturalmente, isso faz com que a atividade física retarde mais que o normal.
Caso você opte por obter um exemplar deste, saiba que você necessita de muito espaço.
Prepare seu bolso – em razão do seu amplo porte, o São Bernardo é um cachorro que tem um custo elevado no que se refere a sua nutrição. Veja com um veterinário qual a ração apropriada e a quantia adequada para oferecer para o seu São Bernardo, no sentido de evitar qualquer empecilho no que se refere ao sobrepeso.
O São Bernardo tem a predisposição de babar muito e determinados cuidados devem ser levados em conta para preservar a higiene de casa.
É relevante escovar o pelo desse cachorro todo o dia e conservá-lo limpo, focando principalmente na cavidade bucal e olhos, para evitar complicações relativas aos nós e consequentemente amontoados de sujeira de pele.

Filhotes de São Bernardo

filhote-sao-bernardo As crias do São Bernardo carecem de um seguimento veterinário rigoroso em consequência do seu desenvolvimento rápido. A cria de São Bernardo tem que comer alimentos com bastante proteínas e fontes de cálcio, porque sua ossatura e seus músculos têm necessidade de um cuidado maior. Se não alimentados da forma correta, essa raça é capaz de desenvolver uma redução de cálcio e a displasia pode manifestar-se no seu cão. Mas jamais intente efetuar esta sustentação por sua própria conta! O veterinário é o especialista mais indicado para guiá-lo nessa inquirição. Apenas ele irá saber o que seu cachorro tem necessidade, definindo a marca mais adequada e a quantidade certa.
Outra questão bem fundamental é instruir os comportamentos convenientes ao São Bernardo precocemente, estabelecendo limites e censurando o comportamento incorreto do seu cachorrinho, a fim de que ele se torne, assim, um animal de estimação menos difícil mais para frente.
Quando for comprar um cachorrinho, existem alguns quesitos importantes que você deve estar atento: Pesquise os mais resistentes, os maiores, que possuam uma cabeça avantajada, uma cor escura no seu focinho e que tenham uma ótima função motora inclusive.

Informações essenciais da raça São Bernardo
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta